Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cigana Margarida

Sobre coisas que A Cigana Margarida vai gostando aqui ou acolá, ou seja, sobre tudo e um pouco mais.

A Cigana Margarida

Sobre coisas que A Cigana Margarida vai gostando aqui ou acolá, ou seja, sobre tudo e um pouco mais.

Trend Allert: Mochilas!

A ideia de que a mochila é coisa de criança, já caiu por terra à muito! Hoje em dia, com a necessidade de carregar as mil e uma coisas, que nós mulheres temos o hábito de trazer nas carteiras, as mochilas são especialmente úteis para mulheres não só nos momentos casuais ou em viagens, mas também no dia-a-dia.

 

A mochila é otimo para quem ter tudo à mão e preza pelo conforto, dando um ar contemporâneo ao look, combinando especialmente com looks desportivos e modernos:

 

69827a5f99797b9b17ea1e945e749596.jpg

ac27e795e9e154889e0ed7334ec5621b.jpg

ea9e3ff0b7fa91034c48c00939bb61df.jpg

b62f6601652042c3e04c8ec38366fc49.jpg

 

ada387815b9518cc1eed91a85eef239d.jpg

 

 

Fotos: Pinterest

 

 

 

 

 

Hostel, nunca mais!

Foi a primeira vez, a única e a última vez! No ano passado, escapei-me até Londres e ficamos num hostel. E ficar num hostel pelo menos neste foi terrível!

 

Para quem não sabe, ou para recordar, um hostel é como um hotel de baixa qualidade, no qual ao invés de alugar um quarto, aluga uma cama num determinado quarto, e que possivelmente dividirá com estranhos. Normalmente, tem-se várias opções de quartos, variando a quantidade de camas e o género permitido ( masculino, feminino ou até misto). Uma das vantagens de viajar em grupo é que as vezes dá para alugar um quarto só com conhecidos e evitar algumas preocupações. 

 

Então a minha experiência foi assim:

A viagem foi combinada e programada a 6 mas acabou por ser feita apenas a 4 (uma das pessoas ganhou uma gastroenterite um dia antes, o que não combina de todo com viagens). A pesquisa e a reserva do hostel foi feita através do Booking.com e optámos pelo 247 London Hostel porque a pontuação de comentários era positiva, a localização era relativamente perto da linha do metro e acessível, o preço era acessível, quando comparado com outros, as fotos que disponibilizam do hostel eram de boa apresentação, e havia disponivel um quarto para 6 pessoas, o que era óptimo!

 

O pior, foi quando chegámos e em nada correspondia ao que tinhamos visto, primeiro de tudo a localização não era os 5 minutos da linha de metro como indicavam no site, a morada que indicava, quando chegamos a morada exata, nenhuma das casas dava referência ao hostel, ficamos ali meio perdidos! até que nos aparece alguém a quem perguntámos, e nos mandou bater a porta de uma das casa e perguntar, aparece-nos uma rapariga que diz que é com ela, leva-nos até um carro mandá-nos entrar. 

Claro, que ficámos com ar de ''vamos lá entrar para onde!? Então não é aqui!'', ao que ela nos responde:'' aqui está tudo ocupado, vão para outra casa!'', e claro que perguntou pelas duas outra pessoas, e sem deixar de referir que teríamos de pagar na mesma os 6! Até aí, nada mal!

Levou-nos para uma casa bem longe da referência que fazia no site, ficámos num quarto para os 6, neste caso, os 4. O quarto era sujo, tinha metros de pó, metros!, arrisco mesmo a dizer que aquele quarto nunca foi limpo!, tamanha era a sujdade, vá lá que os lençóis fomos nós que os fomos buscar a lavandaria, cheiravam bem!, deduzi e acreditei! que estavam limpos, as casas de banho eram o mais porcas! que possam imaginar, os lavatórios todos entupidos, os chuveiros sujos, sujos!. Inicialmente não tinhamos luz no nosso quarto, ligamos para umas 3 pessoas até assumirem que era com eles que tinhamos de tratar esse problema e lá nos deram luz. Eu só pensava: ''são só 3 noites, são só 3 noites, estás em Londres e só precisas disto para descansar os olhinhos!''

Inclusive!, uma das vezes, chegamos lá e tinham o portão fechado, tocavamos à campaínha e ninguém nos atendia, ninguém nos abria a porta, estivemos garantidamente mais de meia hora até que à quantidade de vezes que tocámos à campaínha e batemos no portão apareceu um rapaz que pertencia ao hostel, a perguntar o que se passava e abriu a porta. Afinal! a menina que nos levou ao hostel e que recebeu o pagamento devia nos ter dado um código para abrir o portão mas não o fez, por sorte nas outras noites o portão estava aberto mas o habitual era estar fechado, toda a gente tinha um codigo para entrar, excepto nós!

O rapaz, o único simpático!, que encontrámos ali, lá se desculpou, pediu imensa desculpa pelo sucedido e referiu que a rapariga que nos atendeu ''is a b***!'' eu cá concordei! 

Para tomar banho era um projecto! para não tocar em nada!, com aquelas casas de banho, eu só pensava: que ia apanhar uma doença qualquer e que nunca mais tinha cura!'', no últmo dia nem sequer tomei banho! Mal cheguei à minha casa, a primeira coisa que fiz foi tomar banho!

Entretanto já reparei que a pontuação de comentários tem baixado e não é a toa que isso acontece!

E assim foi a minha experiência num hostel! Um sonho, não é verdade!!!

 

Eu bem sei, que não posso generalizar, tenho uma amiga que ficou num hostel em Barcelona e diz que era um espetáculo. A mim, custa-me a acreditar, recentemente, fui a Madrid e o meu namorado queria ficar num hostel, ao que eu me recusei. 

Esta foi a minha primeira e única experiência num hostel, e no que depender de mim a última, porque mais depressa eu prescindo de ir visitar algum sítio do que fico novamente num hostel. 

 

Espero mesmo que as vossas experiências em hostel sejam melhores do que a minha!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Trend Allert: Gazelle!

Já devem ter reparado que os ténis Stan Smith foram destronados! e agora a ''febre!'' é os Gazelle. De facto são lindos e super femininos, existe em várias cores mas o meu modelo favorito continua a ser o mais tradicional! o das Gazelle OG: mais fininhas e mais baixinhas.  Às vezes, a Adidas tem destas coisas e relança modelos antigos e destrona! outros...espero que não seja o caso, não estou preparada para ficar sem os meus! 

 

Sem Título.png

 

Sim as minhas são as Gazelle 2 J porque só existe o meu tamanho neste modelo, no outro modelo só existe a partir do 36, e o 36 no meu pé ficava enorme! gostava mais no outro modelo mas ter pé de princesa! tem destas coisas! :) 

 

Inspriração de looks with Gazelle:

 

80a1dfa0bcf101e9ab88137fcb9bde58.jpg

 

532a344e022927ccebf8cbc9a854bf36.jpg

946ef88258a21ecbc73bb269f529776c.jpg

26312c52ac8a798a1dfaed96cabad618.jpg

28cb1d90c220fda6a5ea9d9d8080aff5.jpg

f79331d2a3294ab6f74405d381e0a6a5.jpg

56ec6087e6854e090d341399eeaaf5bf.jpg

 

c73200de76698b57335e79fd2527f310.jpg

 

Fotos: Pinterest

Casava-me já com ... o Robe Prévert!

40c960973bc33a49a69b1af966da6fbd.jpg

196a40149b83d89c6f178e886603dc76.jpg

727edeaffe8ea79f3ba16fd9a5adeb39.jpg

Sem Título.png

 

 ...e sim de Stan Smith e tudo! Este é um vestido da colecção do francês Laure de Sagazan, os meus olhos deram com ele no Pinterest e estou só apaixonada por ele. É um vestido para o casamento civil mas eu usava-o no civil, na igreja, na praia, em qualquer lado e não, não prescindia de levar as Stan Smith nos pés. Já que estamos numa onda de casamentos ao estilo boémio este enquadra-se perfeitamente no estilo. É verdade, que gosto bem mais deste estilo do que do estilo de princesa, já um bocadinho cansativo! 

 

Afinal, a noiva sou eu e ainda posso escolher aquilo com que mais me identifico! 

 

 

Sevilha - Travels #3

Sevilha é uma cidade espanhola, a quarta maior de Espanha, é a capital de Andaluzia, região sul de Espanha. De características antigas, tem sido tranformada em uma metrópole moderna. Sevilha é o coração do flamenco e é este ritmo que embala todas as noites não só dos turistas mas também dos moradores locais. É uma cidade cheia de luz e cor, boa disposição, de fortes e intensas emoções, uma das cidades mais encantadoras que já tive oportunidade de visitar. 

 

Já visitei Sevilha em 2014, e foi só um final de tarde/noite, o propósito da visita foi a Isla Mágica, mas uma vez que ía passar a noite na cidade não quis perder a oportunidade de visitar a cidade, e ficou a promessa de lá voltar de tanto que gostei. 

 

IMG_1352.JPG

IMG_1353.JPG

IMG_1359.JPG

IMG_1368.JPG

IMG_1369.JPG

IMG_1373.JPG

IMG_1374.JPG

IMG_1371.JPG

IMG_1372.JPG

 

Basicamente, visitamos a praça de Espanha, que é um lugar impressionante, e o ponto referência de Sevilha, a avaliar pela quantidade de turistas que se encontravam aqui. 

Fizemos um passeio pelo parque de Maria Luísa, que me fez em muito lembrar o Jardim Botânico de Coimbra!

E passamos pelo Bairro Triana, onde jantámos, num restaurante pequeno e acolhedor de tapas, que eram uma delícia. Já na hora de jantar, entrámos a sorte num dos inúmeros restaurantes daquele bairro e uma óptima escolha, não fixei, nem guardei o nome, sei apenas que era neste bairro e era muito, muito bom! Este bairro é um dos mais charmosos e importante de Sevilha e para jantar é uma óptima escolha, pois tem muitos restaurantes por onde escolher. 

 

IMG_1381.JPG

IMG_1382.JPG

 

E por fim, o objectivo da visita a Sevilha, a Isla Mágica, para quem gosta de parques de diversão este é, sem dúvida, um local a visitar. É ideal não só para as crianças, mas também para os adultos, que voltam a ser crianças, desfrutando das dezenas de diversões que o parque tem para oferecer! Os dias de maior calor, não são um problema, o parque tem muitas atracções com água. 

 

P8220019.JPG

P8220043.JPG

P8220052.JPG

P8220048.JPGSevilha 07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hello September!

e0d5699b71f75251325069c72d86ee31.jpgWelcome September!, em ti gosto das tardes solarengas, ainda com sabor a Verão, gosto das cores que trazes, ainda que sejam em modo tímido, gosto dos fins-de-semana ainda com passeios longos no parque ou na praia e gosto de alguma rotinas que trazes de volta. 

Setembro! Que venhas com cor e amor!

Welcome!

 

Bom fim-de-semana!