Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Cigana Margarida

Sobre coisas que A Cigana Margarida vai gostando aqui ou acolá, ou seja, sobre tudo e um pouco mais.

A Cigana Margarida

Sobre coisas que A Cigana Margarida vai gostando aqui ou acolá, ou seja, sobre tudo e um pouco mais.

What's in my bag?

Sabem aquela pessoa que está sempre preparada para o apocalipse total? Essa pessoa sou eu, ou melhor, era! Já carreguei tanta mas tanta coisa (ou será antes tralha!?) dentro da minha mala que cansada de ser a corcunda de notre dame! de tanto que era o peso das coisas que trazia na mala, resolvi simplificar. Verdade que achei que não ia conseguir sair de casa sem levar comigo cada uma daquelas coisinhas. Mas consegui estipular o que é estritamente necessário e por isso, hoje mostro tudo o que anda comigo, sempre.

 

Acho que a mudança mais significativa em relação aos meus hábitos é que agora não passo a vida a trocar de mala. Trocava de mala com frequência, e então defini como prioridade a procura de uma mala que fosse fácil de usar na maioria das situações e que não fosse muito grande para evitar que carregasse muitas coisas. A escolha caiu sobre esta mala da Bimba Y Lola que comprei no ano passado, nos saldos. Não é muito grande, é de tamanho médio e a cor corteza é uma cor que não prende muito e que combina com a maior parte dos looks que eu uso no dia-a-dia. 

 

31530730_10208777441631887_1583263578259980288_n.j

Após a escolha da mala, é altura de falar de tudo o que levo dentro dela. Não posso dizer que a minha mala tem mais espaço vazio do que cheio, mas penso que o que o trago na mala não é exagerado. Pelo menos consigo carregar bem menos (mas bem menos mesmo!) coisas do que à algum tempo atrás e estou muito orgulhosa de mim mesma (eheheh)!. Destaco apenas as coisas imprescendíveis: 

  • o telemóvel, grande por sinal, mas a verdade é que me habituei ao ecrã grande e dificilmente trocarei por outro. 
  • o porta-moedas Bimba Y Lola, esta também foi uma mudança considerada "grande" por mim. Durante muitos anos gostava de porta-moedas grandes e colocar muitas coisas nele: cartões e mais cartões, fotos, talões de compras, lembranças aleatórias...um cem número de coisas. Hoje em dia, também com a facilidade de poder usar diversos cartões nas aplicações no telemóvel, guardo apenas o essencial e cabe tudo perfeitamente nesta carteira. 
  • os óculos de sol, sempre e em todas as circunstâncias, não me safo na rua sem eles. 
  • a minha agenda Mr. Wonderful, e não, não é só para fazer peso ou para a foto, não vivo sem ela mesmo. Tomo noto de tudo na minha agenda. 
  • o creme de mãos da Caudalíe, ja falei que gosto muito dele aqui e ainda dura. 
  • e trago sempre um baton comigo, nunca se sabe quando é preciso dar um up na make up

 

Verdade, que às vezes, acabo por levar mais alguma coisa comigo. Mas estas coisas são as essenciais e que se mantem sempre na mala. Tenho andando a pensar que também seria boa ideia aderir à prática do necessaire, onde poderia guardar o creme das mãos, o baton mas ainda estou muito reticente em relação a essa ideia porque não tarda acabo a andar com o necessaire carregado de coisas e coisinhas e de volto ao mesmo!

Ah!, uma coisa que sinto falta é de conseguir andar com uma garrafa de água na mala (felizmente já estou mais dependente de água) e por isso ando a equacionar adquirir uma daquelas garrafas reutilizáveis que me acompanhe sempre. 

 

E vocês carregam muitas coisas na vossa mala ou só mesmo o essencial? 

 

Boa semana!